Deu na mídia

Os veículos de comunicação repercutiram o indicativo de autoria residente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado estadual Josué Neto (PSD), para realização de estudos e análises para implantação do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) VERDE. O indicativo será feito ao prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, mas, primeiro, foi submetido a apreciação do plenário.

A Coluna Sim e Não do jornal Acrítica informou que se trata de uma espécie de ‘imposto verde’ que oferece descontos sobre o IPTU para os contribuintes de adotarem medidas sustentáveis.  A editoria de Política, também do jornal Acrítica, destacou que imóveis construídos com tijolos ecológicos e o uso de sistemas que ajudam na redução do consumo de água, energia e resíduos podem ter direito ao desconto.

O Diário do Amazonas ressaltou que lei semelhante já existe em Guarulhos (Lei nº 6.793/10), Curitiba (Lei nº 9.806/00), Sorocaba (Lei nº 9.571/11), Araraquara (Lei nº 7.152/09), São Vicente (Lei nº 634/2010) dentre outras cidades.

O Amazonas Em Tempo frisou que essas medidas voltadas para a sustentabilidade e preservação do meio ambiente proporciona uma melhora na qualidade de vida dos indivíduos, incentivados pela redução no valor do imposto, com base nas práticas de sustentabilidade.

O assunto também foi abordado pelo jornal Dez Minutos e pelos portais D24AM e Blog da Floresta.

Compartilhe...