Precisamos mudar de atitude em relação às chuvas

Pronto, o ano começou e as dificuldades são as mesmas que já conhecemos. Entre elas, é bom lembrar os acidentes com crianças que se tornaram vítimas ao caírem em bueiros abertos em Manaus. Não é uma condição de oposição à Prefeitura, mas é bom relembrar e cobrar para evitar que novas tragédias aconteçam. O inverno começou trazendo intenso volume de chuvas que causaram alagamentos, desbarrancamentos, destruição de casas, entre outras consequências do inverno chuvoso na Amazônia.

Os bueiros abertos em nossa cidade ainda são centenas, e representam riscos para adultos e mais ainda para crianças. Há alguns dias falamos sobre o sistema de “ALERTA” que deve e tem que ser emitido pela Defesa Civil em conjunto com o Sistema de previsão do tempo. O serviço já existe, só não funciona pra emitir alerta e avisar a população, principalmente os moradores das áreas de risco. Trata-se de uma medida preventiva. Porque uma medida preventiva é mais barata, tem maior poder de solução e resultados melhores.

Para isso, a integração deve ser imediata entre a Defesa Civil, Secretaria de Comunicação, Bombeiros e Serviços de Meteorologia. Além disso, seria extremamente importante que a Prefeitura de Manaus, através da Secretaria de Infraestrutura, inicie uma força tarefa para tampar as centenas de bueiros abertos nas zonas norte e leste de Manaus. Uma campanha de conscientização pode ajudar a diminuir o número de furtos dessas tampas, outro problema que deve ser enfrentado. São medidas simples, de custos baixos e ações que envolvem órgãos que já existem, e que com certeza irão evitar que mais vidas sejam perdidas.

Compartilhe...