Transporte, trânsito e mobilidade: Manaus precisa mudar

Divulgação/ Robervaldo Rocha/ CMM

Perceberam como está mais difícil circular em Manaus? O número de veículos tem crescido e quase não dá mais para diferenciar os horários de rush. Este ano já são três mil novos carros nas ruas, segundo a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Em julho de 2016 eram 2,9 mil. Isso alerta para necessidade de pensar em medidas mais enérgicas na área de mobilidade e trânsito para um futuro bem próximo.

Como prevenir é sempre a melhor opção, é hora de pensar em mudanças, como as adotadas por São Paulo, que reduziram a lentidão do trânsito em 12,7%. Entre elas o incentivo ao uso dos transportes alternativos, como: ônibus, bicicleta e ‘caronas remuneradas`.

Para isso é necessário melhorar a qualidade do transporte público. Ficar em pé, no calor, por mais de 1h, faz qualquer um, com o mínimo de condições financeiras, comprar um carro.

Bicicleta? O calor e sol intenso dificultam o uso dessa alternativa, mas a presença de árvores ajudaria nisso.

Outras medidas como o incentivo ao uso de aplicativos de mobilidade, como o Waze e o Google Maps, que ajudam o motorista a fazer o melhor caminho; e programas  de rádio com programação dicas de trânsito, também tem sua parcela de contribuição.

Manaus, apesar da crise, continua crescendo e precisa ser pensada e planejada de acordo com o seu potencial para o futuro.

Compartilhe...