O problema do transporte coletivo em Manaus está na gestão

FOTO: Divulgação / CMM

Sob previsão de ficar sem o 13º salário este ano, os trabalhadores do transporte coletivo de Manaus ameaçam nova greve. As empresas afirmam que não tem condições de pagar o benefício mesmo diante dos dois aumentos de tarifa concedidos este ano. Elas alegam que o perderam usuários, uns cerca de 100 mil, para outros meios de transporte como alternativos, executivos, caronas pagas e mototáxis (considerado por elas, ilegais).

Mas alguém aí viu algum investimento nos ônibus? Algo que proporcione conforto e segurança aos usuários?  O suficiente para que a população se sinta satisfeita em usar o ônibus comum para voltar pra casa depois de um dia cansativo de trabalho?

Se é esse mesmo o problema, as empresas de ônibus precisam investir para ganhar o usuário. E não esperar que o poder público assuma as responsabilidades sempre com novos reajustes para garantir que as empresas se mantenham. A população vem pagando caro pela má gestão das empresas. E os trabalhadores do transporte coletivo também.

Compartilhe...