“A Zona Franca de Manaus é um modelo de preservação ambiental”, afirma Josué no dia do meio ambiente

Foto: Joel Arthus

No Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado nesta quarta-feira (5), o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado estadual Josué Neto afirmou que a Zona Franca de Manaus (ZFM) “é um modelo de preservação ambiental e um exemplo de indústria 4.0 que produz energia sem prejudicar o meio ambiente”.

“O maior pré-requisito para a instalação da Indústria 4.0 é produzir através de uma energia limpa e usamos uma energia limpa que não prejudica o meio ambiente. Aqui nunca ouvimos falar que alguma fábrica poluiu o rio, poluiu o igarapé, o meio ambiente”, disse Josué.

O parlamentar vem defendendo a união das instituições em defesa da Zona Franca de Manaus, que sofreu recentes ataques de classes econômicas de outros países e das indústrias do eixo Sul e Sudeste. Em abril, no Supremo Tribunal Federal (STF), o parlamentar procurou o ministro Ricardo Lewandowisk e conseguiu voto favorável na ação que questionava a concessão de créditos de IPI para empresas que compravam da ZFM, o que garantiu mais uma vitória do Modelo no STF.

Josué enfatizou ainda que o modelo é responsável pela manutenção da floresta amazônica e pela garantia de empregos de 80 mil famílias no Amazonas.

A Zona Franca de Manaus foi instituída no início dos anos 60 e contribui para que o Amazonas seja detentor da maior cobertura vegetal tropical do planeta que corresponde a 97% de sua área territorial.

Compartilhe...