Podemos querer mais

Depois de meses de espera, notícias diversas e opiniões favoráveis e contra, finalmente chegamos a tão esperada Copa do Mundo. Nesse momento em que conversamos ainda não sei o resultado do jogo do Brasil, mas espero que nossa seleção tenha feito uma boa apresentação e começado com o pé direito esse evento que é provavelmente o mais divulgado no mundo inteiro.

Para nós aqui do Amazonas, a Copa começa amanhã e começa com um dos maiores clássicos mundiais, Inglaterra e Itália, um jogo que vai ser visto no mundo inteiro e que vai colocar Manaus na pauta de milhões de pessoas, numa situação tão grande que é difícil até de imaginar. Nossa cidade vai ser vista praticamente pelo mundo inteiro.

A minha expectativa e o meu desejo é que tudo corra bem, que se tenha um grande espetáculo e que se aproveite esse e os outros momentos que teremos pela frente, muito além desses jogos que irão acontecer. Para nós a Copa deve ser apenas o início de uma nova forma de pensar e agir, onde a união de esforços deve resultar em grandes benefícios para todos.

É importante que as obras realizadas tenham suas utilidades ampliadas e melhoradas em vários sentidos. Essas possibilidades vão desde a educação de nossas crianças, jovens e adultos, às ações de saúde, de segurança, até as obras de infra-estrutura e defesa do meio ambiente. São muitas as variantes que podem e devem ser exploradas no futuro.

Acredito que esse momento especial e que representa um momento único em nossas vidas, deve servir como motivação positiva para que possamos alcançar outras tantas metas tanto nas atividades cotidianas quanto nas grandes realizações. As noções de conjunto e integração de esforços adquiridas no Projeto Copa devem prevalecer e contribuir para fortalecer a integração de todos os órgãos públicos com participação efetiva da sociedade civil.

A Copa do Mundo é uma chance para que possamos avançar naquilo que queremos mudar, mas alcançando essa mudança de forma positiva e duradoura. Até a próxima semana com a Graça de Deus!

Compartilhe...