Parlamento Sueco visita Assembleia e sugere parceria econômica ambiental

A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) recebeu nesta quinta-feira (31), a visita de representantes do Parlamento Sueco. A reunião foi comandada pelo presidente do Legislativo amazonense, deputado Josué Neto (PSD), e foi recheada de debates acerca da situação econômica do país e uma possível parceria entre a Suécia e o Amazonas, no âmbito econômico ou até mesmo na área de desenvolvimento sustentável.

A Suécia hoje é o quarto país mais democrático do mundo, segundo a revista inglesa “The Economist”. Isso acontece pelo fato de que o país é um dos mais socialmente justos, possuindo baixos índices de desigualdade de renda. A economia sueca é sustentada em bases sólidas de produção, logística, comércio e comunicações, com uma força de trabalho qualificada.

O país também possui leis rígidas de modelo de preservação ao meio ambiente. Para cada árvore cortada, é necessário plantar quatro mudas, para que o número de hectares depois de 100 anos, seja dobrado. Pensando nisso, Josué Neto fez seu discurso agradecendo a presença dos visitantes e citou que a Suécia é um exemplo a ser seguido, pois é um país altamente evoluído, justo e democrático. “A reunião serviu de inspiração”, disse ele. “A troca de experiências entre os parlamentares suecos e amazonenses foi de grande valia, para que possamos levar as ideias dos nossos amigos suecos para o Poder Executivo, Judiciário e até mesmo para a bancada Federal”, completou.

No debate foram abordadas questões de sustentabilidade, mas principalmente, a economia brasileira. O Presidente da comissão sueca, Bjorn Von Sydon, disse que os conflitos atuais no Brasil, já aconteceram na Suécia nos anos 90 e com as conversas contínuas entre o parlamento e a população, foi o que favoreceu a solução do problema. O deputado concluiu afirmando que a situação atual é um desafio que será superado com “um passo de cada vez”.

Compartilhe...