Josué Neto votou a favor do PL que anula aumento de ICMS do combustível

O deputado Josué Neto (PSD) votou a favor do Projeto de Lei nº 169/2017 que revoga a Lei que concedeu reajuste de 2% do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) de 13 produtos, entre eles o combustível. A proposta que anulou o reajuste foi aprovada, na Sessão desta quarta-feira (27), por unanimidade de votos e seguiu para sanção do governador.

De acordo com o parlamentar, os deputados chegaram ao consenso de que o reajuste de impostos sobre combustíveis, como diesel e a gasolina, vai encarecer diversos produtos de consumo essencial para a população, já que o custo do transporte também afeta o valor das mercadorias.

“Se temos um combustível caro isso vai refletir no custo do transporte, e se esse custo aumentar, consequentemente o valor da maioria dos produtos que consumimos diariamente também aumenta. Nossa população não tem condições de arcar com mais custos”, afirmou Josué Neto.

A aprovação do projeto que anulou o reajuste foi comemorada entre a classe empresarial. O presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL), Ezra Azury Benzion, disse que foi o diálogo com os deputados que possibilitou a revogação do reajuste. “Sou muito grato ao deputado Josué Neto e aos demais deputados que entenderam que esse imposto não é mais necessário e decidiram anular essa legislação”, afirmou.

Compartilhe...